Cotidiano

Com 71 novos positivos para coronavírus, MS já tem 2.324 pacientes com Covid-19

O boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde) desta segunda-feira (8) incrementa as estatísticas com 71 novos casos positivos de Covid-19, um crescimento de 3,2% na curva de confirmações, elevando o total no Estado para 2.324 pacientes. Notícias relacionadas Média móvel de mortes diárias por covid chega a 2.598, recorde no País 20h21 […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 08/06/2020, às 11h34 - Atualizado às 19h02

None

O boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde) desta segunda-feira (8) incrementa as estatísticas com 71 novos casos positivos de Covid-19, um crescimento de 3,2% na curva de confirmações, elevando o total no Estado para 2.324 pacientes.

Os novos casos presente na estatística foram registrado nas seguintes localidades, conforme município de residência dos pacientes no cadastro do Cartão Único SUS: Dourados (42), Fátima do Sul (11), Campo Grande (10), Chapadão do Sul (6), Aquidauana (1), Deodápolis (1), Ladário (1), Naviraí (1). Corumbá teve a estatística reduzida em um caso, após pacientes ter contraprova negativa para a Covid-19. Terenos também teve o número reduzido em um paciente que, na verdade, residia em Campo Grande.

Ao todo, o boletim epidemiológico registra 16.536 notificações, 372 amostras em processamento no Lacen (Laboratório Central de MS), 1.358 casos sem encerramento nos municípios, 12.482 casos descartados e 22 óbitos – o último, confirmado no domingo (7), em Itaporã.

Do total de positivos, a SES registra recuperação de 1.190 pacientes, mas tem, ainda, 1.112 casos ativos, entre os quais estão 1.062 em isolamento domiciliar e 50 internados.

Entre estes 50 internados, há 29 pacientes em leitos clínicos (18 na rede pública, 9 privados, além de 2 em SP) e 23 leitos de UTI (sendo 10 públicos e 13 na rede privada). A taxa de ocupação para leitos clínicos do SUS em MS, que inclui casos confirmados e suspeitos, é de 5,8%, referente a 39 adultos. E de leitos de UTI, também na rede pública, a taxa é de 5,4% (13 pacientes).

Vale lembrar que a maior parte dos internados está em Dourados, cidade sede da macrorregião, com 13 pessoas em leitos clínicos e 3 em UTI do SUS. Na mesma cidade, são 6 e 9, respectivamente, em leitos clínicos e UTI da rede particular.

O perfil de infectados ainda tem prevalência entre as mulheres, que representam 45,7% do total (1.062), contra 54,3% de pessoas do sexo masculino (1.262). Pessoas de 20 a 29 anos (518) são 22,29% dos infectados e paceintes de 30 a 39 anos (666) – a maior fatia – são 28,66% do total. Na sequência estão pessoas entre 40 e 49 anos (489), com 21,04% dos positivos.

Confira o boletim epidemiológico na íntegra clicando AQUI.

Jornal Midiamax