Cotidiano

Aberta seleção para apoiador pedagógico em Libras em Campo Grande

UFMS Alunos de graduação presencial ou de mestrado ou doutorado da Cidade Universitária que possuem conhecimento da Língua Brasileira de Sinais (Libras) podem concorrer a bolsas para prestar apoio pedagógico a acadêmicos surdos. As inscrições podem ser feitas até 28 de fevereiro. Interessados devem preencher e enviar o formulário online no Sistema de Informação e […]

Diego Alves Publicado em 04/02/2020, às 23h10 - Atualizado em 05/02/2020, às 07h40

None

UFMS

Alunos de graduação presencial ou de mestrado ou doutorado da Cidade Universitária que possuem conhecimento da Língua Brasileira de Sinais (Libras) podem concorrer a bolsas para prestar apoio pedagógico a acadêmicos surdos. As inscrições podem ser feitas até 28 de fevereiro.

Interessados devem preencher e enviar o formulário online no Sistema de Informação e Gestão de Projetos (SIGProj). O resultado final está previsto para 13 de março e o início das atividades para 16 de março.

Segundo Mirella Fonseca, chefe da Divisão de Acessibilidade e Ações Afirmativas da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes), é importante compreender as características da Língua Brasileira de Sinais, “Libras é a segunda língua oficial do Brasil, mas para os surdos ela é a primeira”. Mirella explica ainda que o apoiador não exercerá um papel técnico, de interpretar as aulas, mas sim de auxiliar de perto os alunos e entender suas dificuldades. “Já contamos com intérpretes de Libras nas salas de aula. O estudante que for auxiliar o aluno surdo vai apoiar em relação às especificidades da língua. Por exemplo, quando nós vamos para um país diferente, não vamos entender tudo da língua, em aspectos culturais. É a mesma coisa com Libras”.

São ofertadas três bolsas com valor de R$400 e vigência durante todo período letivo de 2020, com exceção dos meses de férias. Não é permitido estar no último semestre do curso no ato da inscrição e o candidato deverá disponibilizar de 16 horas semanais para atender às atividades programadas.

Jornal Midiamax