Cotidiano

VÍDEO: Procon-CG acha vermes, moscas e produtos fazendo ‘mesversário’ de vencimento na prateleira

Denúncias feitas pelo WhatsApp do Procon Municipal resultaram em uma fiscalização que encontrou produtos vencidos e com larvas em um supermercado no Jardim Aeroporto, em Campo Grande. Na vistoria, os fiscais encontraram produtos vencidos há exatos dois meses, que ainda estavam expostos nas gôndolas. No supermercado Nunes haviam diversos produtos impróprios para o consumo, que […]

Mylena Rocha Publicado em 04/02/2019, às 12h01 - Atualizado em 05/02/2019, às 08h19

Produtos foram confiscados e serão descartados. (Foto: Guilherme Cavalcante)
Produtos foram confiscados e serão descartados. (Foto: Guilherme Cavalcante) - Produtos foram confiscados e serão descartados. (Foto: Guilherme Cavalcante)

Denúncias feitas pelo WhatsApp do Procon Municipal resultaram em uma fiscalização que encontrou produtos vencidos e com larvas em um supermercado no Jardim Aeroporto, em Campo Grande. Na vistoria, os fiscais encontraram produtos vencidos há exatos dois meses, que ainda estavam expostos nas gôndolas.

VÍDEO: Procon-CG acha vermes, moscas e produtos fazendo ‘mesversário’ de vencimento na prateleira
Fiscais também encontraram carnes mal refrigeradas ou vencidas. (Foto: Guilherme Cavalcante)

No supermercado Nunes haviam diversos produtos impróprios para o consumo, que foram confiscados e serão descartados pelo Procon de Campo Grande. Os fiscais encontraram frutas e verduras estragadas e havia até larvas de mosca. Além disso, também havia carne vencida e mal refrigerada. Alguns produtos estavam fazendo ‘mesversário’, com a data de vencimento no dia 4 de dezembro, e mesmo assim estavam expostos para a compra. Foram confiscados dois carrinhos com produtos, que tinham além de frutas e verduras, artigos como refrigerantes e suco.

O supermercado foi autuado pelo Procon e a denúncia será encaminhada para o setor jurídico, para que a empresa possa apresentar defesa. Os fiscais da Vigilância Sanitária também estiveram no local.

A reportagem do Jornal Midiamax esteve no local e buscou contato com a gerência do supermercado. Entretanto, foi informada de que o responsável não estava no local e os funcionários não informaram o contato do gerente. A reportagem deixou o número de telefone para que o mercado possa se manifestar para defesa.

Vale lembrar que a denúncia foi recebida no Procon Municipal, que tem um canal de comunicação com os consumidores pelo WhatsApp. O número para o atendimento é 67 98469-1001 e funcionará em dias úteis e em horário comercial.

Jornal Midiamax