Cotidiano

Saques do FGTS começam nesta sexta: confira horários, agências e quem pode sacar

Tem início nesta sexta-feira (13) o saque imediato de até R$ 500 do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Em Mato Grosso do Sul, os saques poderão ser realizados em todas as agências da Caixa Econômica Federal, que terão horário diferenciado pelo menos até a próxima terça-feira (17). Em Campo Grande, as agências […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 13/09/2019, às 07h20 - Atualizado às 09h07

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

Tem início nesta sexta-feira (13) o saque imediato de até R$ 500 do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Em Mato Grosso do Sul, os saques poderão ser realizados em todas as agências da Caixa Econômica Federal, que terão horário diferenciado pelo menos até a próxima terça-feira (17).

Em Campo Grande, as agências abrirão mais cedo, a partir das 9h, e funcionarão até às 15h. Os locais também abrirão neste sábado (14), também das 9h às 15h. Nas demais cidades de MS também haverá horário diferenciado. As agências que costumeiramente abrem às 8h ficarão abertas até 2h além do normal. As que normalmente abrem às 9h, abrirão às 8h e funcionarão até 1h além do normal. Já as que abrem às 10h e 11h abrirão duas horas mais cedo (confira a tabela abaixo).

Saques do FGTS começam nesta sexta: confira horários, agências e quem pode sacar

Nas que abrem às 11h, a abertura será às 9h. E nas cidades em que o horário habitual de abertura da agência for às 9h, o atendimento ocorrerá às 8h, mas com fechamento 1h mais tarde.

De acordo com o banco, o funcionamento diferenciado das agências deve seguir até a terça-feira (17). Após esta data, a Caixa avaliará se será necessário estender o cronograma para mais datas. Porém, nas próximas datas de saque, o mesmo regime de funcionamento deve ser adotado, até 31 de março de 2020, quando os saques imediados do FGTS terão fim.

De acordo com a Caixa, quem tem conta poupança na instituição bancária receberá a quantia das contas ativas e inativas automaticamente, porém, obedecendo o cronograma que se iniciar na sexta-feira. A regra só vale para quem abriu conta poupança na Caixa até o dia 24 de julho de 2019.

Segurança

A Caixa Econômica Federal destacou que as agências e demais pontos de atendimento receberão segurança redobrada para os clientes, inclusive no sábado (14), quando as agências estarão abertas.

Além disso, a Guarda Civil Municipal afirmou que intensificará as rondas e patrulhamento nas regiões onde estão localizadas as agências da Caixa e correspondentes bancários. O comandante da corporação, Anderson Gonzaga, também orientou os moradores a não irem sozinhos sacar o dinheiro e explicou quem são os principais alvos de roubos e furtos.

Segundo Gonzaga, idosos e mulheres são as vítimas principais de bandidos à espreita aos arredores dos bancos, por isso, a atenção deve ser dobrada. Não andar com grande quantia de dinheiro em via pública, evitar conta dinheiro em locais públicos também foram algumas das orientações.

Cronograma

Quanto eu vou receber?

A Caixa liberou uma seção em seu site para que trabalhadores possam verificar o saldo do FGTS e quanto receberão. Caso o trabalhador não queira retirar o recurso, será necessário informar a decisão até 30 de abril de 2020. Clique AQUIpara conferir os canais de comunicação.

Durante o anúncio do cronograma, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, declarou que haverá funcionamento especial nas datas de saque e possibilidade de que agências abram mais cedo em caso de alta demanda. O governo prevê que cerca de R$ 30 bilhões sejam injetados na economia neste ano, e mais R$ 12 bilhões em 2020.

Ainda não sabe o que fazer com o dinheiro ou se é uma boa retirar a quantia? O Jornal Midiamax já conversou com especialistas em educação financeira e também checou se o saque é ou não “armadilha”.

Outra dúvida comum é se os saques vão ou não prejudicar o trabalhador numa eventual rescisão trabalhista. Confira a resposta clicando AQUI.

Jornal Midiamax