Cotidiano

Obras no Aeroporto Internacional de Campo Grande deverão ser autorizadas neste mês

A reforma e ampliação do Aeroporto Internacional de Campo Grande deverá ser autorizada para começar ainda neste mês, garantiu Governo Estadual. Serão usados cerca de R$ 50 milhões nas obras no aeroporto na Capital. Em Bonito, a obra de reforma foi entregue oficialmente nesta quarta-feira (3). Conforme o secretário nacional de Aviação Civil do Ministério […]

Mariane Chianezi Publicado em 05/07/2019, às 07h40 - Atualizado às 09h56

(Divulgação)
(Divulgação) - (Divulgação)

A reforma e ampliação do Aeroporto Internacional de Campo Grande deverá ser autorizada para começar ainda neste mês, garantiu Governo Estadual. Serão usados cerca de R$ 50 milhões nas obras no aeroporto na Capital. Em Bonito, a obra de reforma foi entregue oficialmente nesta quarta-feira (3).

Conforme o secretário nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, a ordem de serviço deverá sair ainda na primeira quinzena do mês de julho. “Entre 10 e 15 dias estaremos em Campo Grande para dar ordem de serviço de toda a revitalização e ampliação do terminal de passageiros do aeroporto. Temos R$ 50 milhões já prontos para serem disparados ainda esse mês”, disse Ronei em visita a MS.

Os recursos serão investidos ao longo de 2019 e 2020 em parceria com o Governo de Mato Grosso do Sul. “O Governo Federal trabalha fortemente para atrair novas companhias aéreas para voar no Brasil e Campo Grande é candidata para receber novas operações”, afirmou.

Com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o secretário esteve em Bonito para entregar a obra de reforma da pista do aeroporto da cidade e deu detalhes sobre investimentos em mais aeródromos de MS. Os recursos usados nas obras somam R$ 116 milhões.

“Além do convênio de R$ 6 milhões para o aeroporto de Bonito e dos R$ 50 milhões para o aeroporto da Capital, temos investimentos no aeroporto de Dourados, na faixa de R$ 50 milhões, que em breve será licitado, e R$ 4 milhões para o aeroporto de Coxim”, revelou.

Os recursos garantidos para Bonito, Campo Grande, Coxim e Dourados pertencem a uma primeira etapa de investimentos. “Pretendemos continuar encorajando essa parceria porque temos outros aeroportos importantes aqui no Estado, como Naviraí e Três Lagoas”, contou.

Jornal Midiamax