Cotidiano

Menina picada por escorpião sai do coma e quadro de saúde é estável

A menina de 6 anos que ficou em estado grave após ser picada por um escorpião no bairro Campo Nobre saiu do coma nesta sexta-feira (27) e o quadro de saúde está estável conforme relatório médico desta manhã. Ela segue internada no HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul). “Ela chegou no hospital em estado gravíssimo, […]

Ana Paula Chuva Publicado em 27/12/2019, às 10h22 - Atualizado às 10h32

None

A menina de 6 anos que ficou em estado grave após ser picada por um escorpião no bairro Campo Nobre saiu do coma nesta sexta-feira (27) e o quadro de saúde está estável conforme relatório médico desta manhã. Ela segue internada no HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul).

“Ela chegou no hospital em estado gravíssimo, está no CTI pediátrico com acompanhamento. O relatório do quadro clinico dessa manhã é estável e melhorando a cada diagnóstico”, informou o hospital através da assessoria.

O médico Sandro Benites, coordenador do Civitox (Centro Integrado de Vigilância Toxicológica), explica que um ecocardiograma identificou uma melhora de 10% na função cardíaca.

“A ideia é mantê-la entubada por 3 ou cinco dias, para ela melhorar. O coma induzido vai diminuir a necessidade de demanda cardíaca. Ela vai ficar quietinha, parada, para ver se a gente consegue na segunda-feira ou no fim de semana retirar ela do tubo. Sem pressa, ela já passou pelo pior”, explicou.

A criança ficou em estado grave após ter sido picada por um escorpião no Bairro Campo Nobre na terça-feira (24) em Campo Grande. Segundo informações, a menina brincava próximo de casa, quando foi picada. Ela ficou em coma induzido na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Pediátrica. Foram utilizadas oito ampolas de soro antiescorpiônico e drogas vasoativas para manter o coração ativo.

Jornal Midiamax