Cotidiano

Mau cheiro e insetos: moradores denunciam curtume ilegal no Jardim Colúmbia

Moradores do Jardim Colúmbia denunciam a existência de um curtume supostamente clandestino, localizado na Rua Maicuru. De acordo com os relatos, no local há um contêiner, no qual restos de couro suíno são deixados. A partir disso, o mau odor é generalizado e causa frequentes queixas dos vizinhos. Morador da região há sete meses, o […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 25/03/2019, às 14h39 - Atualizado às 19h29

None
Segundo moradores, mau cheiro é generalizado e restos de couro atraem insetos (Foto: Leitor | WhatsApp)

Moradores do Jardim Colúmbia denunciam a existência de um curtume supostamente clandestino, localizado na Rua Maicuru. De acordo com os relatos, no local há um contêiner, no qual restos de couro suíno são deixados. A partir disso, o mau odor é generalizado e causa frequentes queixas dos vizinhos.

Morador da região há sete meses, o professor Carlos Antônio Escobar, de 43 anos, afirma que é pelo menos a segunda vez que o local guarda o couro. Segundo ele, o material seria restos de uma empresa de abate da região, que posteriormente seria levado para uma fábrica de rações.

“É comum isso acontecer. Eles acumulam o couro e quando tem bastante levam para uma fábrica de ração. O fedor se espalha por aqui, chega a umas dez quadras. Já reclamamos antes e retiraram, mas agora tem uns quatro o cinco dias que o cheiro voltou a ser insuportável”, denuncia o morador.

Segundo ele, moradores já acionaram as autoridades municipais para efetuarem fiscalização e já pensaram até em fazer abaixo-assinado. “Os restos ficam dentro de um contêiner, só é coberto por uma lona. Atrai muita mosca, barata, todo tipo de bicho e inseto”, destaca.

Procurada pela reportagem, a Semadur (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana), afirmou, por meio de nota, que a denúncia foi encaminhada para o setor responsável para que uma verificação no local seja feito. A assessoria de imprensa da empresa que seria supostamente responsável pelo descarte, ainda não respondeu a solicitação do Midiamax.

*Colaborou: Mariane Chianezi

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax