Cotidiano

Incêndio toma conta de indústria e Bombeiros levam oito horas para conter chamas

Um grande incêndio tomou conta de uma indústria na terça-feira (2) em Aparecida do Taboado, a 457 km de Campo Grande. Uma fábrica de produtos termoisolantes e coberturas metálicas para o setor de construção começou a pegar fogo por volta das 21 horas e as chamas tomaram grandes proporções. O Corpo de Bombeiros precisou de […]

Mylena Rocha Publicado em 03/07/2019, às 11h06

Foto: Corpo de Bombeiros
Foto: Corpo de Bombeiros - Foto: Corpo de Bombeiros

Um grande incêndio tomou conta de uma indústria na terça-feira (2) em Aparecida do Taboado, a 457 km de Campo Grande. Uma fábrica de produtos termoisolantes e coberturas metálicas para o setor de construção começou a pegar fogo por volta das 21 horas e as chamas tomaram grandes proporções.

O Corpo de Bombeiros precisou de cerca de 100 mil litros de água para conter as chamas. O comandante do Corpo de Bombeiros de Aparecida do Taboado, major Ronei Jonilson Zattar de Almeida, informou ao jornal Perfil News que a preocupação era isolar a área onde a empresa armazenava o pentano – um gás altamente inflamável. O vento, que soprava contra a área isolada, ajudou a proteger a área.

Com 18 militares locais e uma viatura ABT (Auto-bomba tanque – caminhão para combate a incêndios), o comandante pediu apoio das cidades vizinhas – Três Lagoas e Paranaíba – para contenção das chamas. O fogo levou oito horas para ser contido e ainda no início da manhã desta quarta-feira (3), ainda era possível ver o fogo.

A indústria emprega cerca de 260 pessoas, mas não houve feridos durante o incêndio. A indústria tinha os laudos de vistoria em dia, segundo apurado pelo Perfil News. A perícia já começou o trabalho para identificar onde e por qual motivo as chamas começaram.

Jornal Midiamax