Cotidiano

De brinquedo a touca para quimio: Sefaz faz leilão on-line com mais de mil lotes

Bolsas, brinquedos, colchões, pneus, sapatos, trator, bijuterias, roupas, cosméticos, filtros, impressoras, obras de arte, televisões, celulares, videogames e até touca hipotérmica para quimioterapia, estão entre os itens leiloados pela Sefaz (Secretaria Estadual de Fazenda). O leilão é 100% on-line e podem participar pessoas físicas e jurídicas. Os produtos e bens ofertados são...

Ana Paula Chuva Publicado em 11/09/2019, às 13h57 - Atualizado em 12/09/2019, às 08h39

(Diana Gaúna, Sefaz)
(Diana Gaúna, Sefaz) - (Diana Gaúna, Sefaz)

Bolsas, brinquedos, colchões, pneus, sapatos, trator, bijuterias, roupas, cosméticos, filtros, impressoras, obras de arte, televisões, celulares, videogames e até touca hipotérmica para quimioterapia, estão entre os itens leiloados pela Sefaz (Secretaria Estadual de Fazenda). O leilão é 100% on-line e podem participar pessoas físicas e jurídicas.

Os produtos e bens ofertados são frutos de apreensão que estão há mais de 60 dias sem serem reclamados pelos proprietários. Os lances para os 500 primeiros lotes encerram no dia 26 de setembro, já os outros lotes terminam no dia seguinte, 27.

Para conferir os lotes e participar do leilão, os interessados devem acessar o site da leiloeira Regina Aude Leilões e realizar o cadastro. E nos dias 20, 23 e 24 de setembro das 08h às 11h30 e das 12h30 às 16h, os lotes podem ser conferidos no prédio da Cofimt, localizado na rua Delegado José Alfredo Hardman, s/n, Parque dos Poderes Campo Grande-MS. Mais informações podem ser solicitadas pelo telefone (67) 3318-6453.

A Sefaz destaca que a visitação dos lotes é proibida no dia do Leilão. O fisco estadual alerta que a falta de pagamento do valor da arrematação e demais despesas no prazo indicado no edital, estará sujeito a penalidades (multa, suspensão, declaração de inidoneidade, perda do direito em adjudicar), além de responder por crime de frustrar ou fraudar o processo licitatório, conforme art. 90, da Lei 8.666/93.

Jornal Midiamax