Cotidiano

Sábado amanhece com capivaras atropeladas e cena se torna comum em Campo Grande

Duas capivaras foram encontradas mortas na manhã deste sábado (3), na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, no canteiro em frente à Cidade do Natal. Há seis dias, outras duas capivaras também foram mortas na avenida. Os animais estavam com sangramentos pela boca, com sinais de atropelamento. Há seis dias outras duas capivaras foram atropeladas […]

Thatiana Melo Publicado em 03/08/2019, às 09h51 - Atualizado às 16h02

(Leonardo França, Midiamax)
(Leonardo França, Midiamax) - (Leonardo França, Midiamax)

Duas capivaras foram encontradas mortas na manhã deste sábado (3), na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, no canteiro em frente à Cidade do Natal. Há seis dias, outras duas capivaras também foram mortas na avenida.

Os animais estavam com sangramentos pela boca, com sinais de atropelamento. Há seis dias outras duas capivaras foram atropeladas na avenida, quando motoristas faziam ‘racha’. O atropelamento aconteceu durante a madrugada do dia 28 de julho.

Com o impacto da batida do carro nos animais, o airbag chegou a estourar contou um leitor do jornal que presenciou o atropelamento no dia dos fatos.

A reportagem entrou em contato com a PMA (Polícia Militar Ambiental), que nos informou que os atropelamentos são frequentes pelo excesso de velocidade dos motoristas, e que os animais possuem hábitos alimentares noturnos, e acabam sendo vítimas de atropelamentos. Dados sobre números de animais atropelados na região ainda não existem, segundo a PMA. 

No caso em que o animal atropelado sobreviva, o motorista deve acionar a autoridade policial, para que ele receba os atendimentos necessários. O telefone da PMA é o: (67) 3357-1500. Caso o animal tenha morrido, o indicado é que o motorista acione a Solurb para fazer a retirada. O número é o: (67) 3303-9200.

Jornal Midiamax