Cotidiano

Aprovados em concurso da PM e Bombeiros se mobilizam, mas SAD não tem data para convocação

Três meses após a divulgação do resultado do TAF (Teste de Aptidão Física), os candidatos aprovados no concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros se mobilizam para cobrar posicionamento do Governo do Estado sobre a convocação. No entanto, a SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização) afirmou que data ainda não tem prazo […]

Mariane Chianezi Publicado em 13/09/2019, às 15h36 - Atualizado em 14/09/2019, às 10h21

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação) - (Foto: Divulgação)

Três meses após a divulgação do resultado do TAF (Teste de Aptidão Física), os candidatos aprovados no concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros se mobilizam para cobrar posicionamento do Governo do Estado sobre a convocação. No entanto, a SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização) afirmou que data ainda não tem prazo para sair. Os aprovador pedem um novo cronograma dos concursos.

Aprovados em concurso da PM e Bombeiros se mobilizam, mas SAD não tem data para convocação
Os aprovados se mobilizaram para pedir novo cronograma | Foto: Divulgação

Conforme a SAD, os recursos dos candidatos do TAF ainda estão sendo avaliados e que a convocação dos aprovados será ao longo do contrato com a Fapems e, além disso, explicou que o chamado exige verba do Governo.

“Ressaltamos que a convocação dos aprovados para o Curso de Formação será ao longo do prazo de validade do certame e de acordo com a capacidade orçamentária e financeira do Estado”, disse SAD através da assessoria de imprensa.

A validade do contrato com a Fapems, organizadora do certame, é de dois anos, conforme publicado no edital do concurso em 9 de abril de 2018, na página 5, podendo ser prorrogado por mais dois anos, uma única vez.

Divulgação do TAF

A SAD divulgou no dia 12 de agosto as filmagens e a cronometragem individual na prova da corrida para os concursos da PM (Polícia Militar) e Corpo de Bombeiros. Entretanto, logo que as provas foram divulgadas, candidatos já começaram a perceber erros no material e temem não conseguir interpor recurso.

Um candidato ao concurso para a PM, que não quis se identificar, conta que o tempo marcado na filmagem está dessincronizado, impedindo que ele possa provar que conseguiu concluir a corrida a tempo. Além disso, até mesmo a data está errada na filmagem, registrada no dia 1° de janeiro de 2016.

Demora nos concursos

Os concursos para a PM e Bombeiros são marcados por polêmicas, principalmente por conta da demora. Os concursos chegaram a ficar ‘travados’ por quatro meses, depois de terem os cronogramas suspensos pelo Governo do Estado em dezembro do ano passado. O TAF só foi realizado em maio deste ano. Em junho, o resultado do TAF foi publicado, quando os candidatos poderiam pedir pelas filmagens da prova.

O concurso público de provas para ingresso no curso de formação da Polícia Militar oferece 450 vagas, sendo 388 para o cargo de soldado, 50 vagas para oficial combatente e 12 vagas para oficial de saúde. Já o concurso do Corpo de Bombeiros tem disponibilidade 200 vagas, sendo 153 para o cargo de soldado, 23 para oficial, 12 para oficial de saúde, e 12 vagas para oficial especialista.

Jornal Midiamax