Aproveitando a manifestação pró-Jair Bolsonaro (PSL) neste domingo (30) que já reúne milhares de pessoas que seguem sentido Parques dos Poderes, na Avenida Afonso Pena, em , vendedor ambulante resgatou os produtos que restaram da Copa do Mundo para vender aos eleitores.

Bandeiras da Seleção Brasileira, cachecóis e buzinas começaram a se esgotar rapidamente no ponto de vendas improvisado de Edival José Antônio Alves, na Avenida Afonso Pena. Dos 40 itens que o vendedor levou, 30 já haviam sido vendidos.

Questionado pela reportagem sobre o que o levou a vender durantes as eleições, Edival demonstrou um espírito empreendedor em observar as oportunidades, além de destacar para qual candidato será seu voto.

“Observei o movimento e vi que o pessoal estava vestindo bastante verde e amarelo, aí pensei ‘vou nessa'. Inclusive, voto no Bolsonaro”, declarou o ambulante ao Jornal Midiamax.

Em poucos minutos conversando com Edival, motoristas paravam para comprar artigos nas cores da bandeira brasileira para seguir para o movimento. “A gente tem que amar a pátria como o candidato aparenta amar. O pessoal acredita que ele engajou a proposta”, finalizou.