Cotidiano

Operação Corpus Christi prioriza circulação dos caminhoneiros nas estradas de MS

A Operação Corpus Christi irá priorizar a circulação dos caminhões nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul. A operação de feriado, que geralmente atua para fiscalizar motoristas e a imprudência no trânsito leva em conta a desmobilização dos caminhões que estavam em greve no estado.

Mylena Rocha Publicado em 30/05/2018, às 12h12 - Atualizado em 31/05/2018, às 09h32

(Foto: Marcos Ermínio)
(Foto: Marcos Ermínio) - (Foto: Marcos Ermínio)

A Operação Corpus Christi realizada pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) irá priorizar a circulação dos caminhões nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul. A operação de feriado, que geralmente atua para fiscalizar motoristas e a imprudência no trânsito leva em conta a desmobilização dos caminhões que estavam em greve no estado.

Nesta quarta-feira (30), a PRF já publicou uma portaria que retira a restrição de circulação dos veículos de carga. Não há informações sobre o efetivo ou sobre como a Operação será realizada. “Ainda não decidimos como será Operação da PRF no feriado mas certamente levará em conta e priorizará a normalização na busca da garantia de circulação dos caminhoneiros”, afirma.

Já nas estradas estaduais, 114 policiais da PMR (Polícia Militar Rodoviária) estarão envolvidos nos quatro dias de feriado. “Será realizado uma operação de 80h, com 11 bases fixas e 13 volantes”, afirma a PMR.

A CCR MSVia também dá início à Operação Corpus Christi na BR-163/MS. Durante o período, haverá mais de 500 colaboradores em uma atuação 24 horas por dia. Segundo a concessionária, a frota contará também com 22 ambulâncias-resgate, 4 viaturas de intervenção rápida, 9 guinchos pesados, 21 guinchos leves, 24 inspeções de tráfego e 11 caminhões de serviço.

Jornal Midiamax