Cotidiano

“LamborgUno”, o Uno que virou Lamborghini agora é atração em Rondonópolis

O mecânico Edimar Souza Goulart, de 28 anos, transformou o carro, um Uno 2002, em uma “Lamborghini” e agora é atração em Rondonópolis, no interior do Mato Grosso. Apesar do sucesso que está fazendo, principalmente onde mora, no bairro Cidade de Deus 1, Edimar afirma que ainda precisa completar o trabalho, que vem fazendo sozinho […]

Egina Becker Publicado em 19/07/2018, às 15h43 - Atualizado às 15h44

Edimar e o carro modificado
Edimar e o carro modificado - Edimar e o carro modificado
“LamborgUno”, o Uno que virou Lamborghini agora é atração em Rondonópolis
Uno 2002 antes da modificação (Foto: Arquivo Pessoal)

O mecânico Edimar Souza Goulart, de 28 anos, transformou o carro, um Uno 2002, em uma “Lamborghini” e agora é atração em Rondonópolis, no interior do Mato Grosso.

Apesar do sucesso que está fazendo, principalmente onde mora, no bairro Cidade de Deus 1, Edimar afirma que ainda precisa completar o trabalho, que vem fazendo sozinho há um ano.

O rapaz ainda irá cobrir o carro com fibra de vidro e espera que o faça pelos próximos quatro meses, aumentando a resistência à poeira e água, e possibilitando passeios por toda cidade.

A modificação do Uno, segundo Edimar, é a realização de um sonho, já que sempre quis comprar um carro esportivo e nunca teve dinheiro para isso.

O investimento na transformação chega a R$ 3 mil, enquanto o preço que pagou pelo carro original foi de R$ 9 mil. Já a “Lamborghini” inspiração do rapaz, do modelo Aventador, custa em média R$ 3 milhões.

“LamborgUno”, o Uno que virou Lamborghini agora é atração em Rondonópolis
“LamborgUno” (Foto: Arquivo pessoal)

LamborgUno

Edimar comprou o Uno modelo 2002 há dois anos e, no início de 2017, começou a desenhar as peças referentes a modificação que daria vida ao sonhado “Lamborghini” adaptado.

Todas as alterações no veículo foram feitas externamente e com materiais simples, como isopor, chapas de alumínio e massa acrílica. Foram alteradas, além do desenho, as rodas e o volante. Porém, o interior do carro ainda é originalmente do Uno.

O motor, por enquanto, não foi alterado.

Jornal Midiamax