Cotidiano

Aquidauana tem 30 famílias desabrigadas; Defesa Civil monitora MS

Nível do rio Aquidauana pode atingir estado de emergência ainda nesta terça

Raiane Carneiro Publicado em 20/02/2018, às 17h43

None

Nível do rio Aquidauana pode atingir estado de emergência ainda nesta terça

Com a chuva ininterrupta desde a madrugada desta terça-feira (20), a Cedec (Coordenação Estadual da Defesa Civil) está monitorando algumas áreas do interior do Estado que foram afetadas. Entre as áreas de atenção está a cidade de Aquidauana, que já contabiliza cerca de 30 pessoas desabrigadas. Outras áreas monitoradas são de Anastácio, Miranda, Bonito, Jardim e Coxim.

Em Aquidauana, o nível do rio chegou a 7,4 metros às 10:00, gerando um estado de alerta na região. De acordo com o coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Isaías Bitencourt, há equipes da coordenadoria municipal e do Corpo de Bombeiros atuando na cidade para retirar os ribeirinhos das áreas de risco. “Tem famílias que estão sendo retiradas”, disse.

O Imasul (Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) emitiu um alerta sobre a possibilidade do nível do rio Aquidauana atingir o estado de emergência nas próximas horas. Nas últimas 24 horas, caíram 153 milímetros de chuva. Com 8 metros, é considerado situação de inundação. “Ele [rio] está subindo. Não atingiu ainda 8 metros, mas já está atingindo casas”, explicou Bitencourt.

Outra área monitorada é a cidade de Jardim. Na região, a força da correnteza comprometeu a estrutura da ponte de concreto sobre o Rio dos Velhos, que foi interditada pela Prefeitura.

Bonito

Conforme a defesa civil municipal de Bonito, as chuvas fortes causaram estragos nas áreas urbana e rural porque o sistema de drenagem não consegue suportar a força das águas. Há registro de alagamentos em vários pontos do município. Mesmo com esses casos, o coordenador da Defesa Civil Estadual informou que não há relatos de desabrigados até o momento.

Na manhã desta terça-feira, o córrego Bonito transbordou e deixou vários moradores da cidade ilhados, impedindo o acesso de motocicletas e carros de passeio. O coordenador da Defesa Civil do Município informou que na última noite até esta manhã, o acumulado de chuva chegou a 245 milímetros.

Inundação BR-262

Na manhã desta terça-feira, as fortes chuvas em Aquidauana provocaram a interdição total da BR-262, no km 461. Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o trafego foi interrompido por conta do alagamento do córrego de Dois Irmãos, que invadiu a pista.Aquidauana tem 30 famílias desabrigadas; Defesa Civil monitora MS

Chuvas

De acordo com coordenador da Defesa Civil do Estado, as chuvas ultrapassaram a média história do mês na maioria dos municípios.

Conforme o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a previsão é de chuva forte durante toda a semana. Ainda para esta terça-feira, todo o Estado está sob o alerta para o risco de tempestades com raios, queda de granizo, vendaval e chuva intensa. 

Jornal Midiamax