Cotidiano

VÍDEO: Energisa faz operação para acabar com ‘gatos’ e moradores ficam revoltados

20 equipes da Energisa estão no Mário Covas

Wendy Tonhati Publicado em 10/08/2017, às 12h55

None

20 equipes da Energisa estão no Mário Covas

A Energisa realizou uma operação para colocar fim às ligações irregulares, os populares “gatos de energia”, em uma ocupação popular no Bairro Mário Covas, em Campo Grande. Para dar apoio à ação, quatro equipes da Polícia Militar estiveram também na ocupação.

Embora revoltados e lamentando a situação, os moradores, a princípio, não impediram os trabalhos. Depois, decidiram fechar a Rua Catiguá e houve tumulto com a PM. Os militares chegaram a deter um morador que estava tentando fechar a rua com um pedaço de madeira. Foi feito um cordão humano para tentar bloquear a rua.

VÍDEO: Energisa faz operação para acabar com ‘gatos’ e moradores ficam revoltados

Uma das moradoras da ocupação é Kelly Gondim, 29 anos. Com três filhos para criar, ela diz que os moradores não se negam a pagar e que já foram à Energisa pedir o padrão de energia, mas receberam a resposta que sem o lote regularizado, não é possível a instalação do padrão.

Vanessa de Lima Arce, 30 anos, tem dois filhos, sendo que um deles, de apenas 3 anos, tem bronquite. Ela diz que se preparava para fazer inalação, quando foi surpreendida com o corte da energia. 

Em nota, a Energisa informou que foram constatadas e retiradas 120 ligações irregulares no local. A área invadida existe desde 2015 e a distribuidora já chegou a realizar outras operações no local.

Segundo o gerente de Medição e Combate a Perdas, Paulo Roberto dos Santos, as ligações clandestinas não obedecem a padrões mínimos de segurança. “Os chamados ‘gatos’ colocam em risco a vida das pessoas por conta dos choques elétricos, incêndios e curtos circuitos”, disse.

Além de ser crime e gerar impacto nas tarifas de clientes regulares, oferecem riscos à população, sobrecarregam e comprometem a confiabilidade da rede de distribuição de energia.

Assista ao vídeo.

Jornal Midiamax