Quantidade de profissionais muda a cada período

Escala divulgada nesta terça-feira (23) pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) mostra que 10 pediatras farão atendimento em duas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) de Campo Grande. À tarde o número de profissionais sobe para 17. O atendimento fica melhor à noite, quando 32 especialistas em atendimento infantil estarão disponíveis.

Conforme a escala médica, nesta manhã, além dos 10 pediatras escalados para atendimento nas UPAs Coronel Antonino (5) e Vila Almeida (5), outros 51 clínicos gerais atenderão em 10 unidades de saúde sendo, seis UPAs e quatro CRSs (Centros Regionais de Saúde).

À tarde serão 49 clínicos gerais nas UPAs e CRSs e 17 especialistas em saúde infantil. Os atendimentos pediátricos serão nas UPAs Coronel Antonino (6), Universitário (5) e Vila Almeida (6).

No plantão noturno são 52 clínicos gerais e 35 pediatras distribuídos nas UPAs Coronel Antonino (5), Leblon (5), Moreninha (5), Universitário (5) e Vila Almeida (6), além do CRS Coophavilla II (4), Nova Bahia (2) e Tiradentes (3).

Não haverá pediatra na UPA Santa Mônica e no CRS Aero Rancho. Os pacientes devem ser atendidos conforme classificação de risco e, caso haja superlotação, a unidade móvel será acionada.