Secretário de Finanças prestou contas na Câmara 

O secretário Municipal de Finanças e Planejamento Pedro Pedrossian Neto comentou nesta quarta-feira (31) durante a prestação de contas do quadrimestre na Câmara de Campo Grande que os servidores municipais podem ter um aumento incorporando rubrica no salário base.Reajuste de servidores pode ser em 'rubrica incorporada', diz Pedrossian

“Cada categoria tem uma particularidade e a ideia é incorporar a rubrica, uma engenharia que não funciona para todas as categorias. Então não sabemos ainda como vamos proceder pelo reajuste”, afirmou.

Sobre os médicos, encerra-se nesta quarta-feira (31) a data-base para reajuste dos servidores que compõem o quadro da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) de Campo Grande, porém, a assessoria de comunicação do Sinmed (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul) afirma que a Prefeitura ainda não definiu o aumento.

O secretário confirma que não houve acordo a respeito do reajuste e diz que o Município estuda uma nova proposta para apresentar à categoria, considerando que a última tentativa de acordo foi rejeitada.

“Estamos com situação fiscal bastante complicada, o que nos impede de fazer grandes avanços, grandes concessões, mas estamos fazendo o que é possível para atender a categoria e de forma que não tenha tanto impacto”, declara.