Cerce de 50 mil pessoas devem passar pelo local 

O desfile cívico em comemoração aos 118 anos de , neste 26 de agosto, contou com a participação de quase 70 entidades. Para quem participou desfilando, o sentimento que ficou foi de alegria e gratidão à Cidade Morena.

Um dos participantes foi Hudson Kassio Martins, 27 anos, coordenador do grupo Galera dos Patins, que reúne aproximadamente 300 membros. “O sentimento que fixou foi de alegria e muito agradecimento a cidade que nos acolheu”, diz.

O grupo, que se reúne para andar de patins e também para aulas da modalidade, usou um cartaz que convidava a população a conhecer o projeto, criado em 2013. “Além de agradecer, também queremos mostrar para as autoridades que existimos e precisamos de um local apropriado para a prática do esporte”, diz.

No grupo do Centro de Convivência Vovó Ziza, uma das participantes foi Tina Medalha. Sem revelar a idade, ela conta que mora há 35 anos na Capital. “Foi muito emocionante e valeu a pena aguentar o sol na cabeça e o cansaço nas pernas. É uma forma de homenagear a cidade, que sou apaixonada”, diz.

Para quem desfilou no aniversário, sentimento é de gratidão à Cidade Morena

De acordo com a Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), aproximadamente 12 mil devem desfilar. Estimativa da Polícia Militar, é de que 50 mil pessoas passem pelo local do desfile.

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) interditou a Rua 14 de julho da Avenida Mato Grosso até a Rua 7 de setembro. Trecho da Avenida Calógeras até a Rua 13 de maio, que atravessa a Rua 14 também estarão fechados.