Ainda não há data para auditoria

A Prefeitura de prevê economizar pelo menos R$ 1 milhão após a auditoria nos salários dos aproximadamente 23,7 mil servidores municipais. Em agenda pública nesta terça-feira (29), o prefeito Marcos Trad (PSD), disse acreditar que há pelo menos 16 anos não há uma auditoria na folha dos servidores.

Trad disse ainda que o Município ainda está em fase de análise para saber se precisa ou não de licitação para contratar a empresa. “Em outras cidades, [auditoria nos salários] trouxe um impacto substancial para os cofres. Vai valer a pena, que seja R$ 1 milhão ou R$ 1,5 milhão, para mim, está bom demais”, disse.

Conforme o prefeito, entre os problemas, que podem ser encontrados nas folhas de pagamento, estão salários errados, pessoas mortas recebendo e duplicidade.

Marquinhos prevê economizar pelo menos R$ 1 milhão com auditoria em salários

Sobre o , o prefeito voltou a cita que tem uma “poupancinha”, mas que a venda da folha de pagamento é o que garantiria o pagamento.

Em entrevista, o secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto explicou que a medida deve representar ao menos metade dos R$ 90 milhões a serem desembolsados no final do ano. A folha de pagamento do município representa R$ 107 milhões, porém desembolso da gratificação não contabiliza professores convocados pela Secretaria Municipal de Educação.