Crea exige documentação de 21 empresas que fazem tapa-buraco da Capital

Nenhuma tinha ART nos locais de obras
| 01/04/2017
- 00:45
Crea exige documentação de 21 empresas que fazem tapa-buraco da Capital

Nenhuma tinha ART nos locais de obras

Durante vistorias às equipes que fazem o serviço de em Campo Grande, fiscais do Crea-MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul) detectaram que nenhuma das equipes portava, no local de serviço, documentação exigida pelo Conselho.

De acordo com a assessoria de comunicação do Crea-MS, a ação teve como objetivo verificar a existência da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) e sua disponibilização para consulta pública, para que assim a população possa conhecer os responsáveis técnicos pelos serviços, porém, apesar de terem registrado a ART, nenhuma das equipes disponibilizava o documento para consulta no local.

Comunicados exigindo regularização em todas as 21 equipes foram entregues às empresas. Das sete contratadas pela Prefeitura para o serviço, apenas uma não possui ART registrada, que está em processo de regularização junto ao Crea. A terceirizada também foi notificada e o prazo para regularização é de 15 dias.

Denúncias de irregularidades podem ser encaminhadas ao Crea-MS pela ouvidoria, disponível no site www.creams.org.br ou pelo telefone 67 3368-1000, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h.

Veja também

Últimas notícias