Órgão irá mediar situação

O CEDHU/MS (Conselho Estadual de Direitos da Pessoa Humana de Mato Grosso do Sul) realizou visita na manhã desta sexta-feira (25) às 40 famílias que ocupam uma área pública  no Jardim Canguru. O presidente do Conselho, Paulo Ângelo de Souza, participou de reunião juntamente com os moradores.

A justiça determinou, nesta quarta-feira (23), que a área fosse reintegrada à Emha (Agência Municipal de Habitação). No dia seguinte, os ocupantes da área realizaram um ato de protesto em frente a Prefeitura.

Durante a visita, o Paulo Ângelo se comprometeu em levar o assunto para ser debatido CEDHU/MS e acompanhar com os demais conselheiros estaduais os desdobramentos quanto ao futuro da comunidade, além de acionar da Defensoria Pública do Estado para a promoção da mediação de conflito envolvendo a Prefeitura Municipal de e os moradores da referida ocupação.

CEDHU visita famílias da área invadida no Jardim Canguru