Embarques e desembarques devem chegar a 20 mil

Segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul e localizada a 228 quilômetros da capital, deve ter 20 mil embarques e desembarques de passageiros no Terminal Rodoviário Renato Lemes Soares. A estimativa é do diretor do departamento de transporte rodoviário do município, Hélio Martins, que projeta movimentação total, incluindo trabalhadores e visitantes, de até 30 mil pessoas.

Ao Jornal Midiamax, ele informou que os principais destinos de quem sai de Dourados são, além de outros municípios sul-mato-grossenses, locais no Mato Grosso, Paraná, São Paulo e Santa Catarina. Em terras catarinenses, a cidade com maior número de passageiros douradenses a caminho é a a litorânea Camboriú.

Com 215 mil moradores, Dourados é o centro de um polo regional que reúne mais de 800 mil habitantes de 36 municípios, sobretudo da região sul do Estado. Até por isso, seu terminal rodoviário é para muitos passageiros apenas um local de baldeação entre ônibus. Foi o que a reportagem do Jornal Midiamax constatou em visita ao local no final da manhã desta sexta-feira (24), quando o movimento no local ainda era tímido.

Às vésperas do Carnaval, Nair Bueno Larcen, de 60 anos, esperava no Terminal Rodoviário Renato Lemes Soares para embarcar rumo a Itaporã, cidade vizinha de Dourados, distante pouco mais de 15 quilômetros. “Moro em Caarapó e só estou de passagem por aqui para ir visitar minha filha”, explicou a diarista.

Vindos de Bela Vista, município sul-mato-grossense que faz fronteira com o Paraguai, haviam acabado de desembarcar Augusto Cesar, de 23 anos, trabalhador em uma usina, e Mixel David, também de 23 anos, que trabalha com rede de tubulação de águas pluviais. O primeiro aguardava ônibus para Nova Andradina, onde mora, e o segundo iria para Ivinhema, na mesma região, conhecida como Vale do Ivinhema.

Outra passageira que teve em Dourados apenas um ponto de baldeação foi a dona de casa Simone Teles dos Santos, de 46 anos. “Eu vim de Marília [em São Paulo] e vou para Maracaju, onde tenho parentes”, detalhou. A ela, restava ter paciência para esperar pelo ônibus que só chegaria às 15h40.

Em dias normais, o movimento médio na rodoviária de Dourados chega a 800 passageiros por dia, 24 mil por mês. Ao menos 15 empresas de transporte intermunicipal, interestadual e internacional atuam no local.