Cotidiano

Fórum de caciques e Assembleia Terena divergem sobre nomeação de coronel

  Mais índios chegam à ocupação da Funai

Midiamax Publicado em 16/11/2016, às 20h59

None
img-20150707-wa0047_pequena.jpg

Mais índios chegam à ocupação da Funai

Enquanto a ocupação da Funai (Fundação nacional do índio) em Campo Grande continua, duas instâncias do povo Terena reúnem-se durante nessa semana e divergem quanto a nomeação do coronel da reserva Renato Vidall Sant'anna para o cargo de coordenador da CR (Coordenação Regional) da Capital.

Edson Terena, membro da Coordenação municipal de assuntos indígenas, afirma que participa de reunião do Fórum junto a outros 23 caciques. De acordo com ele, o coronel também participa, e a instância apoia a nomeação de Renato Vidall para o cargo de coordenador. Desde terça-feira (15), no entanto, acontece a 9ª Assembleia do Povo Terena, na aldeia Bananal, na Terra Indígena Taunay-Ipegue, no município de Aquidauana.

Lindomar Terena, uma das lideranças que participa da ocupação e da Assembleia – que posiciona-se de modo contrário à nomeação -, afirma que mais cinco carros, com mais de vinte índios, chegaram à ocupação na Capital, por volta das 12h. O movimento que reagiu a nomeação do coronel para o cargo não tem data para acabar, conforme explicou. São cerca de 50 indígenas que participam da ocupação nesta quarta-feira (16).

Nomeação

A nomeação foi publicada na última quinta-feira (10) no Diário Oficial da União. O coronel substitui Evair Borges, Terena que atua há 16 anos na Funai. Natural da Aldeia Lalima, no município de Miranda, ele estava na Coordenação Regional desde abril de 2014. Evair firmou que foi ‘pego de surpresa’ com a publicação.

O coronel Renato Vidal Sant'anna é da reserva militar. Ele teria atuado, entre outros locais, no comando do 23º Batalhão Logístico de Selva, sediado em Marabá, no estado do Pará.

A CR de Campo Grande atende as terras indígenas Água Limpa, Buriti, Buritizinho, Cachoeirinha, Guató, Kadiwéu, Lalima, Limão Verde, Nioaque, Nossa Senhora de Fátima, Ofayé-Xavante, Pilad Rebuá e Taunay/Ipegue.

*matéria atualizada às 18h53 para acréscimo de informações

Jornal Midiamax