Cotidiano

Comissão mista debaterá situação da população penitenciária feminina no País

5.601 detentas em 2000 para 37.380 em 2014

Diego Alves Publicado em 02/04/2016, às 02h08

None
images.jpg

5.601 detentas em 2000 para 37.380 em 2014

A Comissão Permanente Mista de Combate à Violência contra a Mulher promove, na terça-feira (5), audiência pública interativa para apresentar o primeiro relatório do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias, com dados sobre a população penitenciária feminina do País, chamado de Infopen Mulheres.  

O relatório apresenta a evolução do número de mulheres presas, de 2000 a 2014. As estatísticas são apresentadas em termos nacionais e por estado. Além disso, a pesquisa também mostra a taxa de encarceramento feminino por grupo de 100 mil habitantes e o comparativo com outros países.

De acordo com o estudo, a população penitenciária feminina subiu de 5.601 detentas em 2000 para 37.380 em 2014, o que representa um crescimento de 567%. A taxa é superior ao crescimento geral da população penitenciária, que foi de 119% no mesmo período.

O relatório Infopen Mulheres traz o perfil das mulheres privadas de liberdade por escolaridade, cor, faixa etária e estado civil. O estudo mostra ainda o percentual de presas por natureza da prisão (provisória ou sentenciada), tipo de regime (fechado, semiaberto ou aberto) e de crimes pelos quais foram condenadas.

A audiência é aberta à participação da sociedade. O cidadão pode fazer perguntas, comentários e sugestões pelo Portal e-Cidadania e pelo Alô Senado (0800-612211).

Covidados
Foram covidados para o debate:

  • diretor-geral do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Renato Campos Pinto de Vitto;
  • professora da Universidade de Brasília (UnB) Debora Diniz, e autora do livro "Cadeia: Relator sobre Mulheres";
  • jornalista Nana Queiroz, autora do livro "Presos que Menstruam: A brutal vida das mulheres – tratadas como homens – nas prisões brasileiras".

Outros itens da pauta
Além da apresentação dos resultados do levantamento Infopen Mulheres, a senadora Regina Sousa (PT-PI) apresentará as conclusões do Relatório de Avaliação de Políticas Públicas sobre o Enfrentamento à Violência Contra a Mulher. Em seguida, haverá votação de requerimentos. A comissão mista tem como presidente a senadora Simone Tebet (PMDB-MS). A vice-presidente é a deputada Keiko Ota (PSB-SP) e a relatora é a deputada  Luizianne Lins (PT-CE).

A reunião está marcada para as 14h30, na sala 9, da Ala Senador Alexandre Costa, no Senado.

Jornal Midiamax