Cotidiano

Com estoque em estado crítico, Santa Casa convoca doadores de sangue com urgência

Doadores podem ter entre 16 e 69 anos

Ana Paula Chuva Publicado em 08/08/2016, às 17h39

None
1470665244.jpg

Doadores podem ter entre 16 e 69 anos

O Hemonúcleo da Santa Casa está convocando doadores com urgência. Estoque está em estado crítico em razão do período de férias. A convocação é para todas as tipagens sanguíneas. O hospital recebe mensalmente uma média de 500 doações e realiza 1200 transfusões de sangue por mês.

Segundo informações do hospital, em dias normais o Hemonúcleo recebe de 40 a 60 doações de sangue, mas algumas épocas do ano o estoque diminui pela falta de doação. “Tem épocas do ano que as doações são criticas. Carnaval, final e começo de ano e período de férias. Muita gente viaja e não comparece para doar”, disse Luciane Vieira Miranda.

Os estoques do Hemosul estão em dia, mas de acordo com o núcleo é sempre importante manter as doações para que não haja falta na rede.

Recomendações

É recomendado ao doador pesar no mínimo 55Kg, não ter ingerido bebida alcoólica e/ou alimentos gordurosos por pelo menos 24 horas antes da doação. Estar bem alimentado, ingerir no mínimo 1 litro de água e ter uma boa noite de sono.

No Hemosul, o doador precisa ter entre 16 e 69 anos de acordo com a lei de doação de sangue aprovada em 2013. Os menores de idade precisa estar acompanhado de pai, mãe ou responsável legal, ou precisa retirar na unidade um modelo de declaração para levar o pai, mãe ou responsável assinar e reconhecer firma desta assinatura. Se o menor foi emancipado menor poderá fazer a doação sozinho levando o documento de emancipação. Caso o menor seja casado, é necessário apenas a apresentação da certidão de casamento

Em caso de primeira doação a idade máxima permitida é de 60 anos, acima dessa idade poderá doar apenas quem já é doador.

Os intervalos de doações são diferentes entre homens e mulheres. Homens podem doar até 4 vezes ao ano, com intervalo de pelo menos dois meses. Já as mulheres podem doar até 3 vezes ao ano, e o intervalo mínimo é de três meses. Após os 60 anos ambos devem obedecer o intervalo mínimo de 6 meses.

Ficam impedidos de doar sangue pessoas portadoras de doenças hematológicas, cardíacas, renais, pulmonares, hepáticas, autoimunes, diabetes, hipertireoidismo, hanseníase, tuberculose, câncer, sangramentos anormais, convulsões, portadores de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue como Doença de Chagas, Hepatite, AIDS, Sífilis. Em caso de gripe ou alergia o doador precisa esperar sete dias após os sintomas desaparecerem.

Durante a entrevista é importante informar ao profissional de saúde o uso de quaisquer medicamentos, pois alguns impedem a doação. Vacinas também impedem temporariamente a doação, caso a vacinação seja recente.

Benefícios para o doador

O doador recebe desconto de 50% em shows e cinemas. Em concursos públicos estadual, municipal e federal fica isento da taxa de inscrição e tem prioridade em filas.

Onde doar

O Hemonúcleo fica na Rua Eduardo Santos Pereira, 88 – Centro. Telefone: (67) 3322-4000. O atendimento é feito somente no período matutino das 7h30 às 11h30 de segunda a sexta-feira.

O Hemosul fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1304 – Centro.Telefone: (67) 3312-1500. O atendimento é de segunda a sexta-feira das 7h às 17h e sábado das 7h às 12h.

Jornal Midiamax