Cotidiano

Com bancos fechados, o jeito é lotar as casas lotéricas

Aumento de 30% na procura

Ana Paula Chuva Publicado em 09/09/2016, às 19h47

None
img-20160909-wa0017.jpg

Aumento de 30% na procura

Já no quarto dia de greve dos bancários a alternativa da população tem sido procurar as casas lotéricas para realizar pagamentos, saques e depósitos de dinheiro, na Capital. De acordo com informações durante a semana de pagamento o movimento é grande, mas com a greve o aumento da procura é de pelo menos 30%.

“É sempre movimento durante esse período do mês. O quinto dia útil foi essa semana, mas a greve dos bancários aumentou em pelos menos 30% a procura pela lotérica. O pessoal vem fazer saque e depósito então aproveita e já paga as contas”, disse Vitor Higashi, gerente da Lotérica Boa Esperança.

Para Ségio Akieda, proprietário da Lotérica Talismã, o movimento aumentou mas não é possível saber exatamente quanto. “Nós tivemos um aumento sim, mas só quando gerar o relatório vamos saber de quanto foi porque semana de pagamento é sempre cheio, porém notamos sim um aumento da procura durante a greve”, concluiu.

Greve

Na terça-feira (6) as agências bancárias amanheceram com avisos de greve. Uma das reivindicações da categoria é o reajuste salarial de 14,78% a proposta da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) foi de 6,5% e teve rejeição da categoria.

Ao todo são 2,7 mil bancários no Estado e até o momento não houve avanço nas negociações. 

Jornal Midiamax