Cotidiano

ACP diz que greve atinge 56 escolas e 6 ceinfs na Capital

Semed afirma que apenas 3% dos professores estão em greve

Midiamax Publicado em 03/05/2016, às 20h28

None
010203.jpg

Semed afirma que apenas 3% dos professores estão em greve

Um levantamento prévio da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública) informa que 56 escolas e seis Ceinfs (Centro de Educação Infantil) estão parcialmente parados, na Capital. Já a Semed (Secretaria Municipal de Educação) disse que dentro da Reme (Rede Municipal de Ensino), apenas 3% dos professores aderiram a greve. Hoje (3), é o segundo dia de greve.

ACP diz que greve atinge 56 escolas e 6 ceinfs na CapitalAs informações da ACP foram repassadas ao Jornal Midiamax, na tarde desta terça, já o levantamento realizado pela Prefeitura está pronto desde a semana passada, na sexta-feira (29), porém não apresentou alteração e continua com menos de 3% de adesão.

Com o anúncio de greve, a Prefeitura Municipal através da Semed tomou algumas medidas para não prejudicar os alunos e a própria continuidade dos serviços públicos com a readequação de professores em sala de aula que não aderiram à greve.

Em relação aos pais ou responsáveis dos alunos foram repassadas orientações e aos diretores foi informado que professores que estão em Planejamento de Aula não poderão entrar em sala de aula.

NO ANO PASSADO

Das 94 escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino) de Campo Grande, 44 ficaram paralisadas por conta da greve dos professores. Segundo a Prefeitura, outras 13 escolas municipais funcionaram parcialmente e  37 ficaram com aula normalmente. 

(Sob supervisão Marta Ferreira)

Jornal Midiamax