Embarque de animais teria evitado acidente de maiores proporções

Proprietários da fazenda Palmira, que fica localiza a 30 quilômetros de Campo Grande, próximo BR-080, depois da queda da aeronave que levava a família de apresentadores e Luciano Huck, temiam pela explosão já que o tanque do avião estava cheio.

“Estávamos com medo que explodisse, mas depois que fizeram todo o procedimento de aspiração do combustível e motores desligados ficamos mais tranquilos”, fala Lorena Beatriz Leonardo, de 27 anos.

De acordo com Lorena quando o acidente ocorreu boa parte dos animais já tinham sido embarcados em caminhões para serem levados para o frigorífico. “Se o avião tivesse batido de bico nos postes ou em algum animal poderia ter sido pior”, explica.

“Foi um grande susto, mas em princípio a preocupação maior era com a saúde da família”. Segundo a proprietária quatro postes de cerca da fazenda foram destruídos com a queda da aeronave, que são prejuízos pequenos e que logo serão consertados.

De acordo com Lorena o casal foi resgatado por uma pessoa que passava na rodovia, e o copiloto e uma das babás foram levadas para o hospital por um amigo de um funcionário da propriedade. Para a proprietária, o piloto teve uma conduta muito especial. “Ele é uma pessoa muito capacitada por que se não fosse esta atitude poderia ter sido muito pior”, explica.