Professores foram impedidos de trabalhar

Professores da rede estadual de ensino em , distante 462 quilômetros de Campo Grande, denunciaram que foram impedidos de trabalhar nesta quinta-feira (27) após encontrarem os portões trancados.

A suspeita, segundo uma professora que preferiu não se identificar, é de que as correntes e cadeados foram colocados pelo sindicato dos trabalhadores em educação que estão em greve.

“Eu não aderi à grave da Rede Estadual de Ensino (…). Não havia nenhum professor na escola. Então fui orientada pelo Supervisor a retornar para casa visto que eu me encontrava sozinha na frente da Instituição. Gostaria de saber o que devo fazer: pedir para estourar o cadeado e entrar mesmo assim? Ou aguardar uma posição da SED?”, questiona a professora.

Três escolas, segundo a denúncia, também estavam trancadas.