Prefeitura define diminuição de carga horária de efetivos para 6 horas

Decreto foi publicado no Diogrande nesta sexta-feira (29) 
| 30/05/2015
- 00:10
Prefeitura define diminuição de carga horária de efetivos para 6 horas

Decreto foi publicado no Diogrande nesta sexta-feira (29) 

A partir da próxima segunda-feira (1), os servidores efetivos da Prefeitura de Campo Grande passarão a cumprir expediente de seis horas diárias, um dos pedidos feitos pelo Sisem (Sindicato dos Servidores e Funcionários de Campo Grande) diante da impossibilidade alegada pelo município para conceder o reajuste de 10% reivindicado pela entidade.

O decreto assinado pelo prefeito Gilmar Olarte (PP) foi publicado no Diogrande desta sexta-feira (29), e dispõe ainda que cada secretário vai estabelecer ‘normas e procedimentos necessários ao cumprimento da jornada de seis horas diárias, aos servidores públicos municipais’.

A publicação traz ainda que não serão todos os servidores que terão diminuição da jornada. Além dos comissionados, funcionários que recebem os adicionais de função tributária e de fiscalização municipal, além daqueles que exercem função de confiança, possuem encargos especiais e os de plantões eventuais mantém o ritmo atual de trabalho.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, não existe uma previsão inicial de diminuição do horário de atendimento dos serviços prestados pelo município. Ainda não definição de quantos servidores serão beneficiados com a redução de jornada.

A medida, que passa a valer na próxima segunda-feira, também estabelece que os servidores que cumprirem seis horas diárias receberão os vales-transporte somente no deslocamento ‘casa-trabalho e trabalho-casa, respectivamente, no início e no final do expediente, vedadas a realização de despesas para atender ao fornecimento de refeições nos locais de trabalho’. 

Veja também

Neste sábado (13), Campo Grande tem 51 médicos de plantão para atendimento de adultos nesta manhã. São...

Últimas notícias