Piloto que salvou família de Huck e Angélica não consegue atendimento

Há mais de 3 horas em UPA piloto aguarda transferência 
| 24/05/2015
- 22:22
Piloto que salvou família de Huck e Angélica não consegue atendimento

Há mais de 3 horas em UPA piloto aguarda transferência 

A família de Osmar Fratini reclama do atendimento dispensado ao piloto, que está há mais de 3 horas no UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Universitária sem conseguir transferência para a Santa Casa, de Campo Grande.

De acordo com a esposa de Osmar, Lucilene Vasques, o marido está com corte profundo na cabeça. “Ele está consciente, mas não para de sangrar. Já falei com o secretário de saúde para pedir a transferência, mas até agora nada”, fala Lucilene.

Ainda segundo informações da esposa, o atendimento na UPA está caótico, já que apenas um médico está atendendo e o marido não seria prioridade por que três pacientes infartados estão esperando atendimento.

“Meu marido tem convênio médico, não sei por que não o levaram para o hospital junto com o Huck e a Angélica”, diz Lucilene que ainda explica que precisa de uma ambulância para fazer o transporte.

“Ninguém resolve nada, não sei mais o que fazer”, diz revoltada Lucilene.

Veja também

Vídeo que circula nas redes sociais mostra um ônibus do Consórcio Guaicurus, linha 302- Caiobá...

Últimas notícias