Cotidiano

Indígenas reforçam manifestação e bloqueiam segunda rodovia em MS

Br-163 e MS-156 estão interditadas

Midiamax Publicado em 11/11/2015, às 14h28

None
5643477386bb10019b58bdfc02e19f3becdc8009c77f0_12232992_475483042658782_1233091015_n.jpg

Br-163 e MS-156 estão interditadas

A manifestação contra a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 215, que transfere para o Congresso Nacional o poder de decisão sobre demarcação de terras indígenas, ganhou força. Um grupo de 40 indígenas bloqueou o km 308, da BR-163 em Rio Brilhante, distante 158 quilômetros de Campo Grande. Esta é a segunda rodovia bloqueada nesta quarta-feira (11).

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), até o momento, a manifestação provocou congestionamento de três quilômetros e não há previsão para que o protesto seja encerrado. O grupo utiliza troncos para trancar a rodovia e permite apenas passagem de ambulâncias.

No início da manhã de hoje, indígenas da aldeia Bororó e Jaguapiru bloquearam a MS-156 entre Dourados e Itaporã. A rodovia deve só deve ser liberada às 17 horas, e apenas viaturas do Corpo de Bombeiros, ambulâncias e a polícia poderão transitar pela estrada. Segundo Leomar, uma das lideranças indígenas, o grupo também irá protestar contra o genocídio dos índios Caiuás e Guaranis, nas áreas de conflito em Mato Grosso do Sul.

PEC 215

A PEC (Proposta de Emenda a Constituição) dá ao Congresso Nacional poder sobre as demarcações de terras indígenas, proibição de ampliação de terras indígenas já demarcadas e indenização de proprietários inseridos em terras demarcadas.  

Jornal Midiamax