tem 15 dias para reabastecer serviço aos moradores da aldeia Arroio Korá, em

A Sesai (Secretaria Especial de Saúde ) tem 15 dias a partir de sexta-feira (15) para fornecer água potável na aldeia Arroio Korá, em Paranhos, sul do estado. Há pelo menos 8 meses os indígenas sofrem com irregularidades no abastecimento por caminhões-pipa e reclamam do baixo volume de água fornecida.

Na comunidade indígena, há três caixas d’água que comportam, juntas, 36 mil litros de água. Contudo, apenas 16 mil litros são fornecidos semanalmente. A diferença é sentida pelos moradores e intensificada com frequentes atrasos no abastecimento. Segundo os indígenas, em dias chuvosos o fornecimento de água não é realizado, já que as péssimas condições de acesso à aldeia dificultam a passagem dos caminhões-pipa.

Decisão

Na liminar, feita após denúncia do MPF (Ministério Público Federal), a Justiça ordenou a Sesai a restabelecer, em 15 dias, a partir na notificação, o fornecimento semanal de, no mínimo, 30 mil litros de água potável aos moradores de Arroio Korá. Caso descumpra a decisão, o órgão está sujeito à multa diária de R$200.

(Com informações do Ministério Público Federal de Mato Grosso do Sul)