Cotidiano

Imóvel abandonado assusta vizinhos no Carandá Bosque

Os vizinhos relatam que quase nunca veem a moradora

Kemila Pellin Publicado em 13/07/2015, às 21h37

None
_mg_8709_interna.jpg

Os vizinhos relatam que quase nunca veem a moradora

Misturando o estilo colonial com o das casas inglesas, o imóvel localizado na Rua Cinderela, no bairro Carandá Bosque, em vez de encantar assusta. Uma das vizinhas, que preferiu não se identificar, explicou que uma senhora, de aparentemente uns 60 anos, é a responsável pelo imóvel, mas que faz algum tempo que ninguém a vê no local. “A casa sempre foi assim, ela nunca liga a luz, não sai na rua, não conversa com ninguém”, explica.

Segundo Pedro Ivo Godoy, a limpeza da fachada foi a mais ou menos 15 dias, quando uma equipe retirou os galhos que estavam grudados na casa e jogaram no terreno ao lado, obstruindo a passagem.

Camila Zanete, que mora na rua há pouco mais de quatro meses, reclama da sujeira causada pela vizinha, destacando que também já comunicou a prefeitura, pedindo a limpeza do local, mas que ainda não obteve respostas. A prefeitura também foi notificada pelo Jornal Midiamax sobre a situação do local.

Já a vizinha mais antiga, que não quis se identificar, explica que prefere não fazer reclamações da moradora, porque no ano passado, o vizinho da casa ao lado, precisou se mudar após uma confusão. “Eles brigaram, acho que pela sujeira que ela fazia mesmo, daí ela surtou, atacou até acido no carro dele, foi bem complicado, então a gente nem fala nada”, conta.

Ainda segundo a senhora, os agentes de saúde também já constataram a situação, visto que nunca conseguem entrar na residência para fazer a fiscalização, como acontece nos demais imóveis. “A gente nem sabe o que tem La dentro, como é o quintal dela, ninguém consegue entrar para saber se está tudo certo, nem mesmo a Prefeitura”, conclui.

Jornal Midiamax