Cotidiano

Idosa de 77 anos é a décima terceira vítima da dengue em MS

Idosa morreu em setembro, com dengue hemorrágica

Midiamax Publicado em 14/10/2015, às 20h36

None
dengue_6_1_0.jpg

Idosa morreu em setembro, com dengue hemorrágica

Após confirmação da SES (Secretaria Estadual de Saúde), idosa de 77 anos é a décima terceira vítima da dengue em Mato Grosso do Sul neste ano. A informação veio em boletim epidemiológico da Saúde divulgado nesta quarta-feira (14). Além disso, um óbito em Miranda está sob investigação, o que pode fazer com que as mortes subam para catorze.

Neuza Fernandes Nascimento morava em Itaporã (a 228 quilômetros da Capital) e morreu no Hospital Universitário de Dourados no dia 7 de setembro. Segundo o Diário Itaporã, a vítima deu entrada no hospital municipal de Itaporã no dia 23 de agosto foi liberada e voltou no dia seguinte, quando os médicos confirmaram que ela estava com dengue.

Com isso, a idosa foi encaminhada para o Hospital da Vida em Dourados, onde aguardava vaga na UTI. Depois, foi transferida para o Hospital Universitário de Dourados, onde ficou internada por dez dias, vindo a óbito no dia 7 de setembro, por dengue hemorrágica.

Números de 2015

Além da idosa, já são três vítimas em Dourados, duas em Campo Grande e em Sonora, e uma em Corumbá, Juti, Paranhos, Três Lagoas e Maracaju.

Até esta quarta-feira, já foram registrados 30.839 notificações de dengue no estado, média de 107 casos por dia. Dos setenta e oito municípios, sessenta e três correm alto risco de epidemia, doze estão em estado de alerta e apenas três estão ilesos da dengue.

Jornal Midiamax