Correção de informação

Diferente do que foi publicado pelo Jornal Midiamax na tarde desta sexta-feira (22), a Prefeitura de não pediu a prisão do presidente do Sindicato dos Médicos, Valdir Shigueiro Siroma, conforme noticiado anteriormente no seguinte endereço: /cotidiano/259722-prefeitura-pede-prisao-presidente-sindicato-medicos.html

O Procurador-Geral do Município, Fábio Castro Leandro, explicou que na peça apresentada à Justiça do Estado na qual solicita majoração da multa aplicada ao sindicato por desrespeitar decisão que determinou o fim da grave, cita que o não cumprimento da sentença caracteriza em uma afronta passível de ser tratada como ‘crime de desobediência’, cuja pena, uma vez configurada e julgada a infração, pode ser detenção.

O Jornal Midiamax reitera seu compromisso com a verdade dos fatos, e reafirma sua prática de tratar com equidade e imparcialidade questões de relevância para a sociedade, mantendo sempre seus parâmetros de veracidade e princípios éticos e morais que regem o bom jornalismo.