Todas as rodovias que dão acesso a estão interditadas 

A situação dos municípios de Mato Grosso do Sul atingidos pelas chuvas tem ficado cada vez pior. Na manhã deste sábado (12) mais uma rodovia que corta o Estado foi interditada depois que o asfalto cedeu formando uma grande cratera e o município de Eldorado, a 440 quilômetros de Campo Grande, que já havia decretado situação de emergência agora está isolado. 

Segundo informações a prefeita do município Marta Maria de Araujo não há como ter acesso à cidade pelas rodovias federais, estaduais e nem por estradas vicinais porque a chuva destruiu tudo. “O distrito de Morumbi que poderia ser usado como rota alternativa pela MS-295 está interditado. Tem uma estrada municipal paralela que caiu aterro e tem uma terceira saída que passa pelas fazendas até ter acesso a BR-163 que também caiu o aterro”, explica a prefeita.

Outra local que chegou a ser cogitado como rota alternativa, segundo a prefeita, seria pelo município de Iguatemi, mas de acordo com informações preliminares um trecho da MS-180 que liga as cidades de Iguatemi até Juti não foram interditados, mas não está sendo permitido tráfego de veículos pesados, apenas carros de passeio.

Uma equipe da Agessul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) está se deslocando até o município e irá percorrer e avaliar a situação das estradas. “O engenheiro me ligou e disse que depois do almoço estará aqui, mas até pra eles será difícil chegar a cidade”, ressalta a prefeita.

Dentro da cidade Marta Maria também destaca que a situação é bem crítica. Várias casas foram destelhadas e há possibilidade de retirar famílias de seus lares por causa de danos causados pela chuva. Equipes da defesa civil e alguns setores da prefeitura estão mobilizados e percorrem o bairros da cidade para realizar atendimentos à população.

Sobre os prejuízos, a prefeita conta que ainda não é possível quantificar, mas tudo já está seno avaliado. “Os municípios do Cone Sul tem se mobilizado para quantificar esses prejuízos tanto no público quanto no privado”, diz.

 

Interdição BR-163

Autoridades tem buscado encontrar rotas alternativas para os motoristas que precisam trafegar pela BR-163 e desviem do trecho interditado na altura do quilômetro 49. Segundo informações da CCR MSVia, o motorista que sai de Campo Grande consegue acessar as cidades de Nova Alvorada do Sul, Rio Brilhante, Dourados, Caarapó, Juti, mas não passa de Naviraí.

Técnicos percorrem várias rotas verificando ao estado de conservação dos locais, mas até o momento todos as opções levantadas foram descartadas devido aos estragos deixados pela chuva e o risco de novos desabamentos. A CCR MSVia destacou que painéis estão instalados ao longo da BR-163 alertando os motoristas sobre a interdição. A chuva que havia dado uma trégua, voltou a cair no local.