Aeronave transportava Luciano Huck, Angélica e filhos do casal

A FAB (Força Aérea Brasileira) encaminhou dois técnicos do Seripa (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) para acompanhar a perícia realizada no nesta segunda-feira (25), no avião, modelo 821-C, fabricado pela Embraer.

A aeronave transportava os apresentadores Luciano Huck e Angélica, filhos do casal, duas babas, piloto e copiloto quando precisou fazer um pouso forçada na manhã deste domingo (24). Na manhã desta segunda-feira (25) a área onde o avião está foi isolada e apenas os técnicos do Seripa, que vieram de São Paulo, mecânicos da empresa de táxi aéreo e a perícia podem se aproximar do local.

Até o momento não há previsão para que a aeronave seja retirada do local. Conforme as informações, o apresentador Luciano Huck veio do Rio de Janeiro para buscar a mulher que estava gravando o programa Estrelas, na Estância Caiman no Pantanal.

A família voltava para , quando o piloto, Osmar Fratini, precisou fazer um pouso forçado. Fratini contou ao Corpo de Bombeiros que procurou um local plano e ainda precisou desviar de um rebanho de gado antes de aterrissar em relativa segurança. O copiloto, que auxilio nos procedimento de descida, foi identificado inicialmente apenas como Flávio.

O casal foi socorrido por populares e  encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande. Os demais ocupantes também receberam socorro. Após serem socorridos eles foram levados para o Hospital Albert Eistein, em São Paulo.

​O demais ocupantes da aeronave também foram transferidos. O estado de saúde das vítimas é estável. A aeronave continua no local e até o momento não é possível informar o problema apresentado durante o voo.