Cotidiano

Assembleia Legislativa entrega agasalhos arrecadados em campanha

A Casa de Leis coletou 480 cobertores e 833 peças de roupas

Clayton Neves Publicado em 10/07/2015, às 14h54

None
unnamed.jpg

A Casa de Leis coletou 480 cobertores e 833 peças de roupas

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul realizou, nesta quinta-feira (9), a entrega simbólica das roupas e cobertores arrecadados durante a Campanha do Agasalho. Durante  junho e parte de julho, a Casa de Leis coletou 480 cobertores e 833 peças de roupas que foram divididas entre duas instituições. A iniciativa foi da Mesa Diretora com o apoio de todos os deputados. As instituições foram indicadas pelos gabinetes e diretorias e, na última terça-feira, foi realizado o sorteio das beneficiadas: Recanto São João Bosco e Oficina Santa Rita de Cássia.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (PMDB), esta é uma ação social simples, mas significativa. “Houve o envolvimento de todas as diretorias e servidores da Casa de Leis e fizemos hoje a distribuição para as instituições. A Assembleia está feliz de poder realizar este ato”, avaliou Mochi. E complementou: “Esta iniciativa acaba estimulando novas ideias de eventos como este, que promovam a solidariedade humana. Temos condições de realizar outras ações durante o ano para contribuir com instituições que trabalham pelos mais vulneráveis e que estão às margens da sociedade”. Já o primeiro-secretário, deputado Zé Teixeira (DEM), reforçou que “a Mesa Diretora, os gabinetes e os funcionários realizaram esta campanha que é um ato de amor e respeito. Essa é uma demonstração de que mais gente pode se engajar no apoio a estas instituições”.

O Recanto São João Bosco tem 80 internos de 65 anos a 116 anos de idade, todos carentes. Atualmente, o Recanto sobrevive de doações espontâneas. De acordo com o supervisor administrativo, Renato Barreto, a instituição realiza atendimentos nas áreas social, ambulatorial, médica, enfermagem, psicológica e nutricional. Para Renato, foi muito importante o Recanto ter sido beneficiado. “Mostra que a instituição é lembrada pelos poderes públicos”, disse.

A Oficina Santa Rita de Cássia, ligada à Igreja Sagrado Coração de Jesus, atende as regiões do Noroeste, Danúbio Azul, Jardim Futurista e bairros adjacentes. Em média, são atendidas 800 pessoas por semestre. A presidente da instituição, Maria Aparecida Leite, falou da necessidade de ações como esta que a Assembleia Legislativa realizou. “É fundamental, porque muitas pessoas passam frio e receber um cobertor é muito importante para os necessitados”, explicou Maria Aparecida.

Jornal Midiamax