A Prefeitura do Rio informou que 2.400 toneladas de terra e entulho foram recolhidos das ruas nesta terça-feira, após as chuvas que atingiram a cidade. Garis da Comlurb (Companhia de Limpeza Urbana) retiraram também mais de 40 árvores que caíram após o temporal. Em todo o Estado, a chuva causou 96 mortes.

Para a operação de limpeza nas ruas da cidade do Rio foram usados 177 caminhões, 34 retroescavadeiras e 41 pás mecânicas. Segundo a prefeitura, cerca de 4.000 garis realizaram a limpeza.

A administração municipal informou que há ao menos seis pontos do município interditados na noite desta terça devido a alagamentos e deslizamentos provocados pela chuva. É o caso da avenida Niemeyer, que liga São Conrado ao Leblon, na zona sul do Rio, que está fechada nos dois sentidos após uma queda de barreira.

A avenida das Américas também permanece fechada em ambos os sentidos, na altura da Grota Funda, na zona oeste do Rio. A situação piorou na estrada Grajaú-Jacarepaguá, que também fechada nos dois sentidos, e não tem previsão para ser liberada devido a riscos de deslizamentos de terra.

A estrada do Alto da Boa Vista –uma das ligações entre a zona norte e Barra da Tijuca, na zona oeste, também continua fechada dois sentidos. Já o túnel Noel Rosa está interditado no sentido Vila Isabel, na zona norte.

No túnel Rebouças, a saída para a avenida Epitácio Pessoa permanece alagada, prejudicando o acesso de veículos. A alça de subida pelo Cosme Velho (zona sul) também está interditada.