Fila Lesa Pátria

Parlamentares bolsonaristas não escondem o temor da Operação Lesa Pátria após a
devassa – busca e apreensão –, na sexta-feira, 19, contra o deputado Carlos Jordy (PL-
RJ) autorizada pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes. Isso porque também
trocaram mensagens – cujo teor só eles sabem – com acusados de terem atuado no
quebra-quebra da Esplanada em 8 de janeiro. A operação está na 24ª fase e terá mais
algumas pela frente. Os deputados pressionam para que o presidente da Câmara, Arthur
Lira (PP-AL), que não deu um pio até agora, se pronuncie e saia em defesa dos
parlamentares da Casa. Em tempo: Lira sequer foi avisado sobre a operação pelo
ministro Moraes. Em outra frente, a oposição pressiona Lira para colocar em pauta, na
volta do recesso, a proposta que limita decisões monocráticas de ministros do STF.

Conib x PT

A Confederação Israelita do Brasil (Conib) e o PT, que já não se bicavam, acentuaram o
desgaste após o ataque terrorista do grupo Hamas em de 7 de outubro. A entidade já
acusou a presidente do partido, Gleisi Hoffman, de preconceito e agora direciona a
artilharia para o ex-presidente do PT, José Genoíno, que sugeriu um possível boicote a
“empresas de judeus”. “É uma fala antissemita”, diz a Conib.

Fim da incoerência

Após ter declarado apoio e emplacado um primo no 2° escalão da Prefeitura do
Jaboatão dos Guararapes, 2ª maior cidade de Pernambuco, o presidente estadual do PDT
e secretário-executivo do Ministério da Previdência, Wolney Queiroz, pode rever o
apoio da sigla no município ao PL de Bolsonaro. Caso isso ocorra, a decisão pode ter
efeitos em todo o País. Vale lembrar que, hoje, o PDT integra a base aliada de Lula
(PT).

Cidade das franquias

A cidade de São Paulo comemora na quinta, 25, 470 anos. Conhecida como a capital
dos superlativos, isso não é diferente quando o assunto é o franchising. Segundo a ABF,
no 3º trimestre de 2023, havia mais de 21 mil operações, que faturaram cerca de R$ 7,3
bilhões, empregando cerca de 184 mil profissionais. É também onde se localiza a cidade-sede da própria ABF e de 268 redes de franquia, que representam 33.615 operações.

Ponte gaúcha

A mobilização da comunidade de Nova Roma do Sul (RS) serve de inspiração. Frente à
burocracia para reconstruir a ponte levada pelas chuvas que arrasaram o Vale do
Taquari, os moradores arrecadaram quase R$ 9 milhões e a reconstruíram em apenas
seis meses. A ponte liga o município a Farroupilha. Detalhe: a obra custou R$ 6
milhões. Se fosse feita pelo governo, teria custado R$ 29 milhões, com prazo de entrega
para 2025 ou 2026.

Nova chance

Rejeitado no ano passado por ter filiação partidária ao Cidadania e por não ter
experiência comprovada, o advogado Renato Galuppo foi indicado para compor o CA
(Conselho de Administração) da Petrobras. Se aprovado, irá ocupar o lugar do ex-
secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Efrain Pereira da Cruz, demitido
há duas semanas.