Expulsos por corrupção

Levantamento feito pela Coluna, com base em dados da Controladoria-Geral da União
(CGU), mostra que, nos últimos cinco anos, mais de mil servidores foram expulsos por
corrupção no Poder Executivo. Os dados chamam a atenção para o Ministério da
Previdência, que nesse período teve cerca de 232 exonerações por corrupção – quase
todas no INSS. Por outro lado, o Ministério de Minas e Energia teve apenas uma
exoneração nesse mesmo período – na Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e
Biocombustíveis. Até outubro deste ano, 188 sanções foram aplicadas por corrupção.
Alguns dos motivos citados nos processos disciplinares são: irregularidade definida em
normativas ou regulamentos, favorecimento próprio ou de terceiros, desproporção entre
patrimônio e renda e concessão irregular de benefícios, licenças ou autorizações.

Cinzas no ninho

Depois de quase desaparecer politicamente nos últimos anos, o PSDB tenta renascer das
cinzas para se colocar como alternativa de centro, na polarizada política brasileira.
Modernizou a marca, com o tucano azul e amarelo e decidiu que vai ter candidato
próprio em todas as cidades brasileiras com mais de 100 mil eleitores. Em 2016, o
partido elegeu 799 prefeitos. Em 2020, foram 520.

CPI x ICMBio

Chegaram aos parlamentares da CPI das ONGs denúncias de moradores do Acre contra
agentes do ICMBio. Além de ameaça de morte e violência física, as acusações incluem
suposta destruição de uma ponte e o impedimento de construção de uma escola. O
presidente da comissão, senador Plínio Valério (PMDB-AM), vai protocolar no MP
representação contra funcionários do órgão.

Problemas

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que educação, saúde,
transporte e segurança são os principais problemas do Brasil na opinião de 45% da
população. O mercado de trabalho é segundo fator de preocupação dos brasileiros, com
28%, seguido da pobreza e da desigualdade social, lembrado por 23%. Com menos de
5% das citações estão: economia, corrupção e crédito.

Jogo de cintura

Operado do quadril, o presidente Lula vai ter que melhorar o jogo de cintura político. O
Centrão mantém o Governo nas cordas com Marco Temporal, Reforma Tributária e
Reforma Administrativa. Sobre esta última, a turma do “estado mínimo” não gostou
nenhum pouco da afirmação da ministra Ester Dweck, de que o Congresso quer “punir
os servidores públicos”.

Nota máxima

O governador Jerônimo Rodrigues vem colecionando lugares de destaque nacional em
estatísticas que comparam a Bahia com outros Estados do País. Além de já estar
consolidado entre os líderes nacionais em volume de investimentos, ficando atrás
somente de São Paulo, o Estado recebeu recentemente a nota máxima do Tesouro
Nacional na avaliação da contas públicas e capacidade de pagamento.

ESPLANADEIRA

# Pesquisa da DocuSign e Sebrae aponta que 53% dos empreendedores não sabem como começar uma transformação digital. # BPP reúne representantes do Governo e especialistas em evento sobre transição energética, amanhã (25). # Pesquisa da Ipsos mostra que 64% dos brasileiros afirmam que professores não são bem remunerados. # ‘Marca território’ Café da Região de Campos Altos será lançada nesta quarta-feira (25/10). # Ministério das Comunicações e Correios lançam selo institucional de 50 anos do surgimento do hip-hop no mundo . # Governo Federal lança hoje (24) o Programa Saúde com Ciência, estratégia em defesa da vacinação e de combate à desinformação.