O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), confirmou no final da tarde deste domingo pelo Twitter que determinou a exoneração do secretário de Segurança Anderson Torres.

A exoneração do ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro (PL) ocorre após manifestantes extremistas que apoiam o ex-presidente invadirem a sede dos Três Poderes, em Brasília.

Ibaneis também informou que colocou todo o efetivo das forças de segurança nas ruas, com a “determinação de prender e punir os responsáveis”.

“Também solicitei apoio do governo federal e coloco o GDF à disposição do mesmo”, disse o governador, que completou que está em Brasília monitorando as manifestações e tomando “as providências para conter a baderna antidemocrática” na Esplanada dos Ministérios.