A Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) ficou sem , duas vezes, durante a reunião da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Enel, na manhã desta terça-feira (14).

A primeira queda foi registrada antes da reunião começar e a segunda logo após o início da sessão. Segundo informações do G1, deputados afirmaram que outros dois apagões também ocorreram na segunda-feira (13), antes do Congresso de Comissões.

A CPI, que ouve os presidentes da Enel São Paulo, Max Xavier, e da Enel Brasil, Nicola Cotugno, tem como objetivo “apurar possíveis irregularidades e práticas abusivas na prestação de serviços de fornecimento de energia elétrica na região metropolitana de São Paulo, investigando em especial, no período de 2018 até 2023”.

Na última semana, milhares de endereços em São Paulo ficaram sem energia elétrica, após uma tempestade atingir vários municípios da região metropolitana da capital paulista. Alguns moradores chegaram a enfrentar quase três dias sem eletricidade.

Além disso, o temporal provocou ao menos oito mortes em razão de quedas de árvores, muros e paredes, enchentes e desmoronamentos. São Paulo chegou a entrar em estado de atenção devido ao ocorrido.

Saiba Mais