O Ministério da informou, em atualização na plataforma oficial às 8h30 desta sexta-feira (17), que um novo foco de influenza aviária de alta patogenicidade (IAAP, vírus H5N1) em ave silvestre foi detectado no Brasil. No total, há 145 casos da doença em animais silvestres no País (sendo 141 em aves silvestres e quatro em leões-marinhos) e três focos em produção de subsistência, de criação doméstica, somando 148 ao todo.

De acordo com a pasta, há outras sete investigações em andamento, com coleta de amostra e sem resultado laboratorial conclusivo.

As em aves silvestres e/ou de subsistência não comprometem o status do Brasil como país livre de IAAP e não trazem restrições ao comércio internacional de produtos avícolas brasileiros, conforme prevê a OMSA (Organização Mundial de Saúde Animal).

Gripe aviária em Mato Grosso do Sul

Desde o início do registro de casos no Brasil, teve apenas um foco confirmado em criação doméstica de galinhas em , em junho. O caso foi encerrado.

O Estado investigou 80 suspeitas da doença e 25 coletas de amostras foram feitas pelas equipes da Iagro. Atualmente, nenhum caso é considerado suspeito no Estado.

Saiba Mais