Leilão de 'apreendidos' da Receita tem Iphone por R$ 1,3 mil e Xiaomi a partir de R$ 300

Maioria dos lotes são de celulares e acessórios.
| 18/07/2022
- 14:36
leilão da Receita Federal
Maioria dos lotes é de Xiaomi. (Foto: Xiaomi / Divulgação)

A Receita Federal de São Paulo abriu com diversos lotes de produtos eletrônicos, inclusive vários aparelhos de smartphones, notebooks e acessórios. Entre as opções estão Iphones e até celular Xiaomi com preço inicial de R$ 300.

Vale lembrar que a Receita não envia os produtos, que devem ser retirados pessoalmente. Também, os equipamentos não têm garantia do fabricante e a Receita não promete o funcionamento.

Os lances podem ser enviados a partir desta segunda-feira (18) e seguem até às 18h do dia 26 de julho para envio de propostas de compra.

No total, são 206 lotes e a maioria deles contém celulares ou acessórios Xiaomi, mas também é possível encontrar diversos produtos da Apple como Iphones.

Por exemplo, os lotes 44 e 59 contam com três unidades de XIaomi Redmi 7A, com lance inicial de R$ 300. Já o lote 57, por exemplo, conta com três unidades do 6 S com lance mínimo de R$ 1,3 mil.

Há opções tanto para pessoas físicas como para pessoas jurídicas. O lote 204 está entre os mais visados, pois contempla dois iPads e um Macbook Air de 256 GB por R$ 3 mil.

Confira todos os lotes disponíveis NESTE LINK.

Também estão relacionados relógios inteligentes, kit de ferraments, hd externo, vinhos importados e até um lote com 1152 scooter elétricas.

Para participar, basta acessar o site da Receita Federal e cumprir algumas exigências burocráticas como a emissão do certificado digital e-CAC, emitido pelo próprio órgão, usando apenas um CPF válido.

Por fim, é importante saber que o vencedor do leilão deve pagar o valor integral até o primeiro dia útil seguinte ao dia do arremate, ou pagar 20% no primeiro momento e os 80% restante até o limite de 8 dias corridos. Ainda, os produtos adquiridos não poderão ser revendidos, com exceção das compras feitas por pessoas jurídicas.

Veja também

Começa nesta quarta e vai até dia 16 o prazo para entrar com recurso

Últimas notícias