Referindo-se à uma declaração sua pela qual tem sido acusado de “elitismo”, o presidenciável pelo PDT, Ciro Gomes, aproveitou a entrevista ao William Waack, na CNN, para mais uma vez dizer que a fala se tratou de uma brincadeira.

“O que eu fiz ali foi uma palestra técnica. Uma pessoa disse que tinha sido uma aula e eu resolvi fazer uma brincadeira. Mas eu me penitencio, porque se deixei espaço para a oposição bater, me penitencio. Uma pessoa com a vida inteira de vida política não pode abrir espaço para isso”, respondeu ao jornalista, quando questionado sobre o tema.

Ontem, em uma palestra sobre economia na Federação das Indústrias do Estado do (Firjan) ele disse que o público do evento era “gente preparada”. “Imagina explicar isso na favela”, afirmou. A declaração gerou repercussão negativa e foi criticada por aliados dos adversários do pedetista na corrida eleitoral.