Brasil

Laboratório indiano irá solicitar autorização da Anvisa para testar vacina no Brasil

A importadora Precisa Medicamentos solicitará à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para conduzir a fase 3 da vacina Covaxin, desenvolvida pelo laboratório indiano Bharat Biotech contra o novo coronavírus. A solicitação é necessária para formalizar o pedido do uso emergencial do imunizante no país e depois seu registro é definitivo. A divulgação desta informação […]

Carolina Rocha Publicado em 01/02/2021, às 15h51

Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa - Foto: Ilustrativa

A importadora Precisa Medicamentos solicitará à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para conduzir a fase 3 da vacina Covaxin, desenvolvida pelo laboratório indiano Bharat Biotech contra o novo coronavírus.

A solicitação é necessária para formalizar o pedido do uso emergencial do imunizante no país e depois seu registro é definitivo. A divulgação desta informação foi feita pelo G1.

A Precisa Medicamentos, tem um acordo de indeterminação com a Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas, que negocia doses do imunizante para cerca de 300 associados no Brasil. Nenhuma empresa privada possui doses para comercialização, uma vez que a exploração comercial é vedada no caso de vacinas aplicadas sob o regime emergencial.

Ainda de acordo com o G1, a condução do ensaio clínico no Brasil ficaria por conta de um hospital. A Covaxin consta entre os imunizantes cogitados pelo governo federal no Plano de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19 no Brasil, mas ainda não há acordo sinalizado

Jornal Midiamax