Brasil

Caminhoneiros fazem concentração em duas rodovias do país, mas não há bloqueios, diz Governo

Decisão da Justiça proíbe bloqueios

Aliny Mary Dias Publicado em 01/11/2021, às 07h55

None
Foto: Reprodução

Manifestação de caminhoneiros prevista para esta segunda-feira (1º) é realizada em trechos pontuais de rodovias do Brasil, no entanto, segundo o Ministério da Infraestrutura, até esta manhã não há nenhum bloqueio de estrada registrado no país. No sábado (30), a Justiça decidiu proibir bloqueios em seis estados. 

Conforme o Governo, equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) foram deslocadas para desmobilizar possíveis bloqueios no Espírito Santo. Até o momento, conforme o ministério, há pontos de concentração de caminhoneiros, sem bloqueios, na BR-116, no Rio de Janeiro, e na BR-153, em Goiás.

O boletim foi divulgado pela pasta às 6h. Uma decisão da Justiça proibiu o bloqueio de estradas por parte da categoria em protestos previstos para hoje, motivados pelo descontentamento com os aumentos dos combustíveis e com as propostas do governo para o setor.

Bloqueios proibidos

A Justiça proibiu o bloqueio de estradas federais pelo movimento grevista dos caminhoneiros autônomos. A decisão afeta os acessos ao Porto de Santos (SP), ao Porto de Suape (PE), além de rodovias de São Paulo, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Pernambuco e Rio Grande do Sul. 

A decisão da juíza federal substituta Marina Sabino Coutinho, da 1ª Vara de São Vicente, estabeleceu uma multa diária de R$ 10 mil para pessoas físicas e R$ 100 mil para pessoas jurídicas caso as estradas e rodovias que ligam o Porto de Santos a cidades de Santos e São Vicente sejam bloqueados por caminhoneiros durante a paralisação do dia 1º e nos sete dias seguintes. 

Confira abaixo o que diz o Governo sobre as concentrações:

Jornal Midiamax